Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Queimada (House of Night #7) by P.C. Cast & Kristin Cast

por Starlight, em 02.01.12

 

 

Editora: Saída de Emergência

ISBN: 9789896373450

Páginas: 320

Ano de Lançamento: 2011

Tradução:

Classificação: ★★★ (3/5)

Janeiro 2012

Coleção: Casa da Noite

 

 

 

Sinopse

 

“A Casa da Noite aguarda-te. Num mundo igual ao nosso mas onde os vampiros não só existem como são tolerados, esta é a escola de referência. Um local cheio de perigos e segredos onde os jovens marcados têm dois destinos: ou se transformam em vampiros ou morrem destroçados.
Zoey Redbird, vampira destinada a ser Alta Sacerdotisa, perdeu o seu caminho. Os imensos poderes que detém foram insuficientes para salvar uma das pessoas mais próximas de si, despedaçando a sua alma e coração. Agora o seu grupo de amigos tem de lutar para que ela regresse e ponha um fim às trevas que se apoderam da Casa da Noite.
Mas o mal tem os seus próprios planos e estes não esperam por Zoey. Os vampiros enfrentam a maior ameaça de sempre e precisam de toda a força da jovem para lidar com problemas muito para além de novas raças de vampiros, imortais caídos em desgraça ou namorados. A escuridão apodera-se do mundo e apenas Zoey poderá lutar por um caminho ao encontro da luz… se não se queimar…”

 

 

 

*** ATENÇÃO PODE CONTER SPOILERS***


 

Eu já nem consigo dizer muito sobre esta saga. Não gosto que enrolem as coisas só para fazerem mais livros. A história está a ficar muito longa com coisas pelo meio que até são aborrecidas.

 

Em queimada, a parte mais interessante foi o desenvolvimento entre Stevie Rae e o zomba corvos, Refaim.

Zoey está no Outro Mundo, sitio para onde vão os vampiros que morrem, a terá que juntar os pedaços da sua alma para poder regressar ao mundo dos “vivos”.

Stark parte para o Outro Mundo para ajudar a Zoey recuperar.

 

Continuo a ler estes livros para saber o desenvolvimento da relação entre Stark e Zoey, Stevie e Refaim… e também para saber o que acontece a Neferet, se não já tinha colocado isto a um canto.

Não posso dizer que os livros são maus, porque não são. A história até é boa, com momentos cómicos e tal, mas tudo o que é demais enjoa. Podiam escrever a mesma história num máximo de cinco livros e assim faziam os leitores mais felizes e com mais dinheiro no bolso.

 {#emotions_dlg.blink}

publicado às 09:24


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D