Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



A Maldição do Tigre (A Saga do Tigre #1) by Colleen Houck

por Starlight, em 29.09.13

 

 

Editora: Porto Editora

 

ISBN:9789720043719

Ano de Lançamento Portugal: Julho 2012

Páginas:344

Classificação: ★★★★ (4/5)

Goodreads


Setembro 2013


Sinopse:

"Quando Kelsey Hayes se candidata a um trabalho no circo para ocupar as férias de Verão até ao início das aulas na faculdade, está longe de imaginar a aventura em que se verá envolvida. Encarregada de cuidar de Ren, um majestoso tigre branco, sente-se de imediato fascinada pelo animal e não hesita em aceitar o convite para o acompanhar numa viagem até à Índia, rumo à reserva natural a que pertence.
O que Kelsey ainda não sabe é que o tigre a que tanto se afeiçoou é na verdade Alagan Dhiren Rajaram - um principe indiano vitima de uma maldição secular - e que ela poderá ser a única pessoa capaz de o ajudar a qubrar o feitiço.
Determinada a devolcer a Ren a sua humanidade, Kelsey embarcará numa perigosa aventura por lugares repletos de magia e misticismo.
No entanto, as forças do Mal não parecem dispostas a dar-lhes tréguas e os perigos espreitam a cada esquina. Será que a paixão que vai crescendo entre os dois resistirá a todos os obstáculos que lhes vão sendo colocados no caminho?

A Maldição do Tigre é o primeiro volume de uma extraordinária saga que promete apaixonar os fãs da literatura fantástica."

Opinião:

Antes de começar a falar da história, tenho que falar da capa deste livro. É tão linda! Não sei se é por sempre ter tido um grande fascínio por tigres, mas adorei. 
Quando li a sinopse, pensei " boa, mais uma história igual a tantas outras. Rapariga encontra tigre que afinal é um belo príncipe indiano e os dois acabam por se apaixonar". Estava um bocado com medo de ser mais um livro banal, daqueles que acabamos de ler e ficamos "Meh, nada de novo, siga para o próximo!". No entanto surpreendeu-me bastante e adorei a história (tirando algumas pancadas que a personagem principal, Kelsey, tem e que me fizeram sentir:
Li algumas criticas antes de ler o livro e muitas pessoas diziam que desgostavam da Kelsey  porque esta tinha atitudes muito parvas e piadas secas. No entanto, apesar deste lado da personagem, gostei dela. Sim, tem uns grandeeees problemas a nível da autoestima e é muito insegura, mas é também é inteligente e independente, daí o meu choque quando nos capitulos finais se dá uma mudança tão brusca na personagem. Mas pronto, podemos tentar ultrapassar isso, ahahah.
A história começa quando Kelsey vai trabalhar para um circo, durante duas semanas e encontra um tigre branco (Dihren) lindíssimo pelo qual fica completamente encantada. Estranhamente o animal é incrivelmente dócil com ela e a rapariga começa a passar muito do seu tempo com ele, afeiçoando-se ao bichinho. 
Quando um estranho aparece para comprar Ren e levá-lo de volta para a Índia para um abrigo de tigres, Kelsey é indicada como a pessoa ideial para o acompanhar e cuidar dele durante a viagem.
Chegada à Índia Kelsey descobre que nem tudo é o que parece e que o seu adorado tigre é na realidade um principe indiano com mais de 300 anos. Ao passar tanto tempo com o tigre e ao desejar que este fosse livre consegue alterar a maldição e é concedido a Ren 24 minutos em cada 24h para voltar à forma humana. Mas as novidades não ficam por aqui. Kelsey descobre que é protegida de Durga, uma deusa indiana e a única capaz de ajudar Ren e o irmão (Kishan) a quebrarem a maldição que os mantém presos na forma de tigre. Com isto surgem grandes aventuras em busca dos quatro objectos sagrados que ajudarão a quebrar a maldição.
 
Gostei bastante do livro e mal posso esperar por ler o segundo volume da série, O Resgate do Tigre. Adorei Ren tanto na forma humana como a sua versão felina. O rapaz realmente é fantástico. A Kelsey nem sabe a sorte que tem. Gostava de ter ficado a conhecer mais de Kishan, que tem um pequeno papel neste livro, mas a saga ainda agora começou e tendo em conta o final, parece-me que ainda vamos ouvir falar muito nele. Outra personagem que achei muito fofa foi Mr Kadam, o velho guardião de Ren e Kishan.
Todas as histórias e mitologia indiana, trazem algo de diferente a esta história. Nota-se que houve uma grande pesquisa por parte da autora antes de a escrever o que para mim só traz vantagens. É uma forma de conhecer melhor outra cultura.
Entretanto, no meio das minhas pesquisas sobre a saga, encontrei esta sugestão para representação de Ren e Kishan, só para se ter uma boa ideia da "qualidade" das duas personagens principais masculinas:
Pareceu-me bem :p 
Já leram o livro? Partilhem connosco a vossa opinião ;) Boas leituras :D

publicado às 13:34



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2014
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2013
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2012
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2011
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2010
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2009
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D